jusbrasil.com.br
27 de Junho de 2022

Um guia prático da Comunidade Jusbrasil

Tudo o que você precisa saber para iniciar na comunidade Jusbrasil.

Matheus Galvão, Advogado
Publicado por Matheus Galvão
há 4 anos

Para começar, seja bem-vindo ou bem-vinda!

Antes, vamos te contar um segredo...

O Jusbrasil não tem editorial. Sim. Muita gente imagina que o Jusbrasil é uma empresa de mídia, um portal de notícias, com uma equipe interna que produz conteúdo, mas a maior parte do conteúdo é compartilhado pelos membros da comunidade. Isso é motivo de orgulho, afinal significa que a qualidade do conteúdo produzido por todos não deixa nada a desejar aos outros meios de comunicação.

Tá, mas o que é a Comunidade Jusbrasil? Ela é uma comunidade dedicada a oferecer respostas a toda e qualquer questão que possa existir sobre direitos e deveres. Se você tem capacidade de oferecer alguma dessas respostas de forma clara e acessível tem a oportunidade de aparecer entre os artigos jurídicos mais visitados do Brasil. Afinal de contas, temos mais de 30 milhões de visitas por mês.

Se você é um novato ou novata é bom conhecer o funcionamento básico do Jusbrasil, assim você expande sua rede e atinge novos horizontes e possibilidades.

"Eu quero ler coisas realmente boas sobre direito"

Esse é o desejo de todos que estão presente no dia a dia da comunidade. Acordo todos os dias de manhã procurando coisas relevantes no Jusbrasil. De pessoas que suscitam dúvidas genuínas e relevantes sobre direito, a pessoas que oferecem respostas muito bem elaboradas sobre questões jurídicas que muitas vezes eu sequer sabia que existia.

Se o assunto é direito, o Jusbrasil é o lugar certo para encontrar conteúdo. Pessoas com experiências muito particulares na área, sejam leigos ou profissionais, sempre têm muito a contribuir. E quem não gosta de ter um feed repleto de bons conteúdos?

Feed (Para Você) é uma seleção de conteúdos baseada na nossa interação. Precisamos seguir tópicos e perfis para descobrirmos conteúdos que nos interessa, assim como numa rede social convencional. Se algum perfil que você segue fizer uma publicação você verá na aba Para Você. Nesta seção também estarão as publicações que tiveram os Tópicos que você segue adicionados a elas.

Perfis de membros ou institucionais difundem conhecimento jurídico tanto para profissionais, quanto para o público mais amplo e leigo, bem como levantam questões para que pessoas discutam soluções e caminhos possíveis. Flávio Tartuce, Alessandra Strazzi, Pedro Magalhães, Jusbrasil, EBRADI e Canal Ciências Criminais são alguns dos perfis que eu gosto de seguir e ler.

Tópicos são as ferramentas usadas para classificar distribuir o conteúdo produzido pelos perfis. São como tags. Se alguém faz uma publicação deve adicionar tópicos com os principais assuntos e áreas abordados, assim pessoas interessadas em temas específicos podem visualizar a publicação no feed. Por outro lado, é essencial seguir tópicos e se quisermos receber conteúdos interessantes. Veja as regras de adição de tópicos.

Newsletter é o nosso resumo diário, enviado por e-mail com as publicações mais relevantes da Comunidade. Para assinar, clique aqui, ou vá na seção Newsletter, localizada na parte inferior da barra lateral esquerda da página inicial.

"Eu quero responder a algo maravilhoso que li"

O espaço de comentários é aberto para que qualquer pessoa possa parabenizar, complementar, expressar uma opinião sobre uma publicação... Toda publicação tem um espaço reservado aos comentários, logo abaixo. Expresse-se! Sempre levando em conta a Política de Respeito e Gentileza, afinal queremos um ambiente de discussão saudável e estimulante.

"Eu quero mostrar que gostei bastante do que li"

Recomendação é a forma mais simples de dizer “Wow” quando um conteúdo é útil, bem escrito, levanta alguma questão relevante ou compartilha uma experiência única. Sempre que você se deparar com ótimos conteúdos não esqueça de dar esse reconhecimento. Além de ser um estímulo para quem contribui, ajuda a aumentar o padrão de qualidade do que é compartilhado.

"Eu quero escrever algo realmente interessante"

Bem vindo ao clube. Se você quer tornar público um debate relevante, produzir conteúdo jurídico de qualidade que responda a questões jurídicas existentes, ou até mesmo levantar uma questão para que outros possam oferecer boas respostas, o lugar é aqui. Claro, dentro do contexto dos direitos e da justiça. Siga as regras de publicação e dê o seu melhor, afinal, os membros do Jusbrasil valorizam boa discussão e bons conteúdos.

O Jusbrasil oferece, ainda, o espaço de Estatísticas para você acompanhar o acesso a suas publicações, saber o que funciona e planejar novos conteúdos.


Mais uma vez, sejam bem-vindos. Esse espaço gira em torno de uma visão muito clara e valiosa: promover o acesso à justiça. Quer saber mais sobre a nossa missão? Leia: Vamos revolucionar o acesso à justiça no Brasil?

Restou alguma dúvida? Use o espaço de comentário. E não se esqueça de recomendar o artigo. =]


Fonte da Imagem: Unplash

Informações relacionadas

Comunidade Jusbrasil
Artigoshá 2 anos

Curadoria Jusbrasil: como ter a chance de dar mais visibilidade ao seu conteúdo?

Shankar Cabus, Analista de Desenvolvimento de Sistemas
Artigoshá 5 anos

Você publicou no Jusbrasil?

Jusbrasil, Advogado
Artigoshá 4 anos

Guia de Conduta da Comunidade Jusbrasil

Jusbrasil, Advogado
Artigoshá 9 anos

Regras de Publicação da Comunidade Jusbrasil

Ana Claudia, Advogado
Artigoshá 3 anos

Como participar de forma construtiva da comunidade Jusbrasil?

17 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Me sinto honrado em fazer parte de uma comunidade com essa visão tão bonita e que de fato precisa da atenção do nosso povo!
Se por um lado queremos facilitar o acesso á justiça no Brasil, responder toda e qualquer questão jurídica é um meio de alcançarmos esse objetivo.
Excelente texto @galvomatheus , veio em um momento mega importante! Quanto mais difundirmos a missão e a visão da comunidade, iremos atrair mais e mais adeptos! E é como todos já sabem não é mesmo?

Unidos venceremos! continuar lendo

Ótimo conteúdo, Matheus!

Tenho usado o Jusbrasil ativamente desde Dezembro de 2017 e, recentemente, assinei. Confesso para você que, depois que comecei a estudar a plataforma, percebi o quão incrível ela é!

Além de ser completa, cumpre o que promete, que é aproximar o cidadão da justiça, os advogados dos cidadãos, além de enriquecer os debates jurídicos.

Encontro muita gente boa por aqui ;)

Grande abraço e sucesso! continuar lendo

Que bom, @pedrocustodion ! Com certeza você é um dos que contribuem para cada vez mais pessoas adquirirem conhecimento e para que o Jusbrasil e seus membros alcancem sua missão. Abraços. continuar lendo

Muito bom!
Assim, QUEM SABE, os que esquecem dos tópicos (tags), passam a adicioná-lo pois, dentre todas as dicas foi a que eu achei mais interessante e importante para o autor (ser visto, lido e lembrado).

Com relação aos comentários, como já disse anteriormente em um texto que você publicou, novamente reafirmo: "os autores deveriam se inteirar mais com os comentaristas".....ficar "jogando" textos o dia todo como se fosse spam, com "desespero para ser visto", e nunca dar feedback, não adianta nada!
Só acho!
Valeu muito pelo texto Matheus. Sucesso para ti e equipe do JusBrasil!
Abraço! continuar lendo

Sei que a comunidade é aberta a todos, e assim deve mesmo ser. Mas, apenas advogados, estudantes de direito e magistrados, "mostram suas caras". Aliás, minto, tem uma médica bastante atuante, onde no perfil dela se vê "médica". Mas infelizmente existem muitos perfis praticamente anônimos, quando abrimos no perfil da pessoa, só tem o nome, nenhuma foto no espaço de foto, uma referência sobre sua suposta localização, ex.: Londrina, PR. E só. Nenhuma informação de quem é ou a que veio. Um compilado de suas atividades recentes aparece no perfil e nada mais. O que eu tenho observado é que tais pessoas, são, na grande maioria das vezes, as mesmas que se acham no direito de guerrear, em vez de debater e expor seus pontos de vista de forma grosseira e até mesmo atacando e ofendendo os demais, com baixarias horrendas, como outro que recentemente escreveu em resposta a um comentário, entre outras coisas, que "seu traseiro deve ser como de um burro xucro" (escreveu com X, ainda por cima). Acho lamentável. Na minha opinião, na hora de a pessoa se cadastrar para participar da comunidade, deveria haver mais espaços obrigatórios a serem preenchidos, inclusive o número de um documento válido (que não ficará visível aos participantes, mas diminuiu as chances de aventureiros, perfis fakes e arruaceiros virem aqui causar desordem na garantia do anonimato). Muita gente atua aqui, como se o Jus Brasil fosse um Facebook da vida. Onde perfis falsos pipocam nos grupos disseminando discórdia e troca sem cerimônias de ofensas. Aqui não é lugar pra isso. Convido a todos a começarem a reportar os abusos. Uma ferramenta válida que eu acho que poucos usam. Talvez até temendo alguma retaliação. A Equipe do Jus Brasil fará uma avaliação e se não perceberem abuso, a pessoa continuará na Comunidade. Não existe o risco de "ser cortado" por um desafeto. O Jus Brasil não irá "comprar" as picuinhas alheias. Mas pode e deve tomar providências em relação aos abusos e faltas constantes de urbanidade. Pra isso, entretanto, nós temos que ser mais atuantes. continuar lendo

Parabéns, @christinam ! É essencial que os perfis tenham informações completas. Isso dá uma segurança ao debate e ainda ajuda na hora de interagir.

E muito bom também a sua visão sobre reportar abusos. Acho que esse é um dever de todos os membros.

Obrigado pelo comentário e pela participação ativa. =] continuar lendo

Vc falou:
...O que eu tenho observado é que tais pessoas, são, na grande maioria das vezes, as mesmas que se acham no direito de guerrear, em vez de debater e expor seus pontos de vista de forma grosseira e até mesmo atacando e ofendendo os demais, com baixarias horrendas....

Ai, que saudades do Moderador....
Tais xingamentos são um balde d'água fria nas inspirações de muita gente...
Talvez seja por isto que muitos autores não interagem e simplesmente despejam esporadicamente conteúdo sem se importarem com repercussão ou excessiva quantidade de leituras.

Sem falar que é preciso ser superdotado de determinação e foco para permanecer firme forte em meio aos xingamentos e incompreensões seguidos de um frio 'rsrsrsrs' para despistar os tontos!

Mas sigamos, cara Christina, e lembremos da saga serpente e do Vagalume: - A serpente perseguia o Vagalume e certa feita o Vagalume perguntou: - Ei, por que vc me persegue? Sou da sua cadeia alimentar? Não. - Te fiz algum mal? Não! Mas por que vc insiste em me perseguir, caramba??? Ao que a Serpente respondeu: - É O SEU BRILHO QUE ME INCOMODA! continuar lendo