jusbrasil.com.br
27 de Junho de 2022

Otimização para busca: Como escrever para aparecer no Google?

Por que usar técnicas de escrita pode fazer o seu texto aparecer em destaque no Google?

Matheus Galvão, Advogado
Publicado por Matheus Galvão
há 3 anos

Você já deve ter usado o campo de busca do Google várias vezes. É possível até que tenha encontrado esse texto depois de uma busca dessas.

A questão é: se você está tentando aprender como escrever um texto que será bem ranqueado no Google, precisa entender que não existe uma fórmula mágica. Porém, alguns princípios básicos você pode seguir.

É sobre isso que esse artigo vai tratar.

Como funciona o Google?

A proposta do Google é fornecer respostas úteis e ele encontra essas respostas nos conteúdos da internet.

Quando você pergunta quem ganhou o Oscar de melhor atriz em 2019 ele te dá uma resposta direta:

A mesma coisa acontece quando alguém pergunta "como fazer um divórcio":

Quanto mais objetivamente você escreve, dando respostas a possíveis questões, mais chances tem de alguém considerar seu texto útil. Quanto mais isso acontecer, mais o Google vai considerar o seu conteúdo relevante.

Ideias organizadas ajudam o Google a identificar seu objetivo

A melhor coisa que alguém pode fazer quando escreve é organizar ideias com clareza e objetividade. Uma boa escrita deixa a mente em paz, tanto a de quem escreve, quanto a de quem lê. Mas tem mais um benefício quando escrevemos para a web.

Se você organiza bem as ideias de uma publicação, vai contribuir para que o Google encontre a resposta para alguma pergunta no seu texto. Ou seja, ter a oportunidade de ganhar destaque nos mecanismos de busca.

Talvez você acredite que isso seja óbvio e pare por aqui mesmo; talvez queria aprender como pode melhorar ainda mais suas técnicas de escrita para a web.

O que é SEO?

O SEO significa Search Engine Optimization - traduzindo para o português temos Otimização para Mecanismos de Busca. O Google consegue identificar respostas dentro de um texto por causa do SEO.

SEO é uma espécie de linguagem usada para recuperar uma informação dentro de uma estrutura complexa. E toda linguagem tem uma lógica.

Escrever um texto com informações relevantes e manter boas práticas de SEO em seu site ou blog são o caminho para os algoritmos do Google reconhecerem e distribuírem o seu conteúdo em posições de destaque.

Só entenda o seguinte...

SEO não é só negrito e itálico

O SEO tem várias facetas. Uma delas é a linguagem em código, complexa para uma pessoa sem conhecimentos de programação. Um bom programador consegue organizar essa estrutura e deixá-la amigável para que o Google encontre as informações relevantes.

Então tenha em mente que você precisa ter uma boa estrutura de código no seu site pessoal.

A outra opção é usar plataformas que já têm estruturas amigáveis para o SEO - como é o caso do Jusbrasil.

Como falei, as ideias precisam ser bem organizadas e é aí que entram duas questões básicas: estruturação do texto e escolha das palavras-chaves.

Como escolher as palavras-chaves?

Palavras-chaves são termos de busca usados pelas pessoas para encontrar uma resposta em um mecanismo de pesquisa como o Google.

Não fique neurótico com palavras-chave. Você pode escrever o seu texto inteiro só repetindo a mesma palavra e ainda assim isso não significa que ele responde as questões do leitor.

Quando falamos em termos de busca, é importante lembrar que eles podem ser as perguntas que as pessoas fazem no campo de pesquisa do Google. A dica?

Use essas perguntas para escrever textos objetivos ou opte por escrever um texto compilando respostas para todas essas perguntas. Experimente.

É nisso que você tem que se concentrar, explicar e dar respostas e informações novas.

Mas não se esqueça de escolher temas específicos e pouco explorados. É possível usar algumas ferramentas para isso, como o Google Trends.

Como escrever um texto amigável para o Google?

  1. Responda perguntas.
  2. Use hiperlinks.
  3. Evite palavras e conceitos vagos que não se explicam.
  4. Escreva sentenças e parágrafos objetivos.
  5. Use verbos, de preferência verbos que não sejam ser/estar.

Eu dei a resposta curta e objetiva. Mas agora eu vou te explicar por que fazer cada uma dessas coisas.

Por que responder perguntas quando escrevo um texto?

Todo texto traz em si uma experiência de aprendizado, seja para quem lê quanto para quem escreve. Se você orientar a sua escrita por perguntas, vai suprir a necessidade do leitor e conseguir usar fontes e enriquecer sua pesquisa.

E aí entra a outra questão.

Por que usar hiperlinks?

Hiperlinks são links (URL) inseridos em um texto, direcionando o leitor para outra página. São os links nos quais você pode clicar.

Hiperlinks refletem o nível de pesquisa e de comprometimento com o conteúdo que você está criando. Se você usa hiperlinks, quer dizer que você pesquisou e se o fez, seu conteúdo pode ganhar em verificabilidade e, por consequência, mais confiança.

Há dois conselhos interessantes aqui:

Como e por que escrever com objetividade?

Você vai despejar um monte de palavras no seu primeiro rascunho. Se você começou a escreve do zero, sem um planejamento, vai se prolongar. Ao longo da escrita, vai perceber que as ideias vão se acomodando e, de repente, vai ter claro o que quer dizer.

Quando terminar de escrever, corte palavras desnecessárias e verifique se você pode substituir palavras longas por outras mais curtas. E lembre-se de checar se você responde perguntas ao longo do texto.

Como e por que escrever com clareza?

Porque ideias são abstratas e você precisa fazer com que outras pessoas entendam. E se elas entendem, significa que seu texto atende às expectativas. E se isso acontece... Bem, o Google consegue reconhecer isso.

Mas o que são palavras e conceitos vagos?

A maioria dos advérbios e adjetivos são desnecessários e palavras como "destarte" e "não obstante" soam inteligentes mas são um pesadelo para a compreensão da mensagem.

Lá em cima eu escrevi:

Você vai despejar um monte de palavras no seu primeiro rascunho.

Mas antes eu tinha escrito:

O primeiro rascunho é sempre verborrágico.

Conseguem ver a diferença?

  1. No primeiro exemplo eu usei um verbo diferente e mais forte do que o ser/estar e fiz você visualizar a experiência.
  2. Já no segundo exemplo, além do verbo é, eu usei um advérbio (o que eu quero dizer com sempre?) e um adjetivo (que pessoas podem desconhecer ou até mesmo associar a ideias diferentes).

Você pode usar verbos ser/estar. Isso geralmente funciona bem quando você quer introduzir um conceito que vai desenvolver. Exemplo:

Hiperlinks são links (URL) inseridos em um texto, direcionando o leitor para outra página. São os links nos quais você pode clicar.

Por que separar o texto em seções? [extra]

Dica extra. Separar o texto em seções ajuda ao leitor a se localizar e identifica que as informações naquela parte estão estruturadas em torno de um propósito e uma ideia.

Usar o cabeçalho ou header ajuda o leitor a compreender sobre o que se está falando naquele trecho, além de auxiliar quando ele passa os olhos rapidamente pelo texto (escaneia), tentando encontrar uma resposta específica.

Escrever bem te coloca nos trilhos

Aprender a organizar o texto é um desafio e tem outras facetas que não caberiam nesse texto. Mas acho que você já pode fazer esse exercício. Organize suas ideias e escreva.

Tem alguma dúvida? Envie nos comentários.


* Fonte da Imagem da Thumb: Unplash.

Informações relacionadas

Juri Descomplica, Bacharel em Direito
Artigoshá 3 anos

4 dicas de como divulgar seu escritório de advocacia na internet.

NDM Advogados, Advogado
Artigoshá 3 meses

NFT, Startups e Propriedade Intelectual: 02 dicas para evitar penalidades

Comunidade Jusbrasil
Artigoshá 3 anos

Guia completo para publicar seu texto no Jusbrasil

Comunidade Jusbrasil
Artigoshá 3 anos

5 dicas para postar conteúdo jurídico que sempre será procurado

Ana Claudia, Advogado
Artigoshá 4 anos

Como a produção de conteúdo jurídico pode te ajudar na sua estratégia de marketing?

8 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

E disse o inteligente Matheus: ... Então tenha em mente que manter as suas postagens em sites e plataformas amigáveis - como é o caso do Jusbrasil - é melhor do que criar um site próprio sem nenhuma estrutura de SEO.

Sou testemunha disto!
Tenho uma colega que gastou cerca de cinco mil reais para criarem um site para ela. Não funcionou.
Falei: - Escreve para o Jusbrasil, amiga!
Está escrevendo e a coisa acontecendo, de fato, na carreira dela!

Obrigada pelas dicas contidas em seu texto, caro Matheus! continuar lendo

Excelente, Matheus! continuar lendo

Não é atoa que é meu parceiro! Você sempre maravilhoso com os pensamentos e com a forma de escrever! Parabéns e obrigada por me acompanhar nessa batalha de fazer com que advogados escrevam melhor! ;) continuar lendo

Matheus, ótimo artigo!
Essa semana publiquei aqui no Jusbrasil um artigo com conteúdo complementar, usando técnicas que deram super certo para o meu blog e me colocaram no topo das pesquisas do Google em diversos temas jurídicos.
Uma das coisas que deu muito certo para mim foi escolher o título, salvar a imagem com o mesmo nome e repetir aquela frase algumas vezes ao longo do texto!
Obrigada por compartilhar :) continuar lendo